terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Definitivamente indescritível

O amor. Que seria o amor, para você, para mim, para todos nós ? Tão complicado, tão simples. Todos nós temos várias opiniões, conceitos, idéias, pensamentos. Tudo isso forma uma definição, uma 'reputação' para o sentimento amor. Mas, será mesmo que há uma descrição para esse sentimento ?
Quando o sentimos, realmente, ficamos bobos, eufóricos, exaltados, ou isso seria paixão ? Sim, não é amor, é paixão. Dizem que se pode transformar uma paixão em um amor. Mas será possível ? Não, não é possível. Nós não sabemos nem a forma em palavras de descrevê-lo. A única forma na qual isso é possível, é o amor de pais e filhos. Nem o de amigos conseguimos.
No final das contas, penso que só há um tipo de amor, o de pais e filhos. O resto, é afeto, carinho, sentimentos assim, descritíveis. Chegamos aqui, ao começo de tudo, o amor é algo definitivamente indescritível.

2 comentários:

sunglasses 8-) disse...

você está certa (y' o único verdadeiro amor que existe é o de pais e filhos, mas o da flora e da lara não é não. UHASHSAHUSAHUAS'

in the zone ; disse...

HEAUHEUHEUAHUEH, literalmente. (y