sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Um passo para morte

Um vento fortíssimo o abraçava. Olhou para cima, o tempo estava fechado. Olhou para baixo, uma multidão de curiosos o observava. Olhou para trás, um policial juntamente com seu psiquiatra o tentavam convencer de que saltar de um prédio não iria resolver seus problemas. Olhou para frente, um cidade inteira, a seus pés. Olhou para dentro de si mesmo, e viu somente frustrações, angústias, dores, medos e incertezas.
A chuva fina começa a dominar seu corpo. Olha para cima, novamente. E pode ver Deus chorando por sua decisão.

"Eu não mereço suas lágrimas."

Um passo à frente, dois segundos, e os braços do seu Senhor, amenizando sua dor. Não mais a dor física, mas a dor espiritual de um passo errado e em vão.

4 comentários:

Hítalo Rios disse...

Trágico :)

in the zone ; disse...

Gosto de um drama! HIHI

aline armond disse...

Nossa, adorei. Adorei mesmo. Mortes trágicas me atraem, UEHUEHEUHEU.

in the zone ; disse...

A mim também, UHAUHAUHA.